2ª Etapa – Depoimentos dos Jovens”O que gostei e o que não gostei”

O que mais gostei

Jovens em atividade !

Jovens em atividade – IBIAC

 “Gostei muito das brincadeiras em grupo, foi uma oportunidade muito boa e aprendi a conviver em grupo “(Associação Dalva Rangel)

“Gostei de tudo, dos vídeos, aprendi muito, das apresentações, dos projetos que tinha criar muito interessante, coloca a mente para funcionar e quando menos percebia a coisa já estava fluindo. “― (LBV)

“Gostei muito das dinâmicas, de conhecer novas pessoas, dos trabalhos em equipe e dos vídeos mostrados pela professora onde mostram experiências no mercado de trabalho.” (IBAC)

“De ver e ouvir tudo o que foi passado durante o curso. E também fica perto da minha casa.” (Fundação Cafu)

” De tudo! De todos os temas, da equipe, da união e dos novos amigos que fiz “(LBV)

“Das dinâmicas e formas de trabalho ” (Assoc. Dalva Rangel)

“Foi conhecer pessoas novas e se desenvolver e aprender com as diferenças”(Via de Acesso)

“Gostei de tudo que aprendi aqui, foram muitas coisas que levarei comigo para sempre, gostei de ter conhecido pessoas novas, dos desafios enfim de muitas coisas “(Assoc. Dalva Rangel)

“O ambiente, aprendemos nos divertindo, aprendemos coisas que vamos usar a vida toda” (IBAC)

“O modo como somos encorajados a lutar.”(Fundação Cafu)

“Superar meus desafios e nunca ter abandonado a classe e os professores. Os lanches eram ótimos “(Via de Acesso)

“Gostei das orientações dos tutores, da tecnologia usada para a aprendizagem “(Via de Acesso)

“Do aprendizado, do conhecimento que eu obtive. Das dinâmicas que me ajudaram muito com a timidez. Das pessoas que eu conheci.” (Fundação Cafu)

“Do jeito agradável que a professora dava as aulas e as matérias que ela passava.” (LBV)

“A forma de aprendizagem, as dinâmicas foram ótimas. Adorei a professora. ” (IBAC)

IMG_20130528_121353 blog2

O que eu menos gostei

“A conversa de alguns colegas de classe.” (Assoc. Dalva Rangel)

“Nada a declarar” (Via de Acesso)

“Local apertado.” (Assoc. Dalva Rangel)

“Acordar cedo.”(Fundação Cafu)

“O curso foi perfeito em um ambiente tranquilo, retirando as aulas de canto no andar de cima que atrapalhavam um pouco as aulas principalmente quando estávamos assistindo vídeos.” (LBV)

“De algumas pessoas, porque elas não me trabalhar, ficavam conversando alto.” (Assoc. Dalva Rangel)

“Das vezes que foram desmarcadas as aulas” (Via de Acesso)

” Do barulho dentro da sala de aula. “(Fundação Cafu)

“Eu não gostei de falar em publico.” (LBV)

“Curso muito curto, deveria ser mais tempo” (Assoc. Dalva Rangel)

“Do tempo, deveria ser mais longo.”(Via de Acesso)

“De ter ido em algumas aulas sem muita vontade de aprender, o que fez perder conteúdo.” (Fundação Cafu)

“Das aulas de canto no andar de cima”(LBV)

“Teve poucas aulas, queria que tivesse mais veze.”(Assoc. Dalva Rangel)

“Ser longe de casa.”(Via de Acesso)

“Não tem nada a reclamar. Tudo ocorreu perfeitamente.” (Assoc. Dalva Rangel)

“Atitudes de algumas pessoas”(Fundação Cafu)

“Por ter acabado”(LBV)

Nova Etapa do Projeto Social. PARTICIPE!

cropped-projetosocial.png

Curso Gratuito para Inclusão de Pessoas no Mercado de Trabalho

2ª fase do curso de capacitação profissional desenvolverá jovens e adultos
para o mercado de trabalho.

O Projeto Social da Fundação Telefônica | Vivo em parceria com o Instituto Via de Acesso inicia sua segunda etapa, com foco na capacitação de pessoas, com idade a partir dos 16 anos, que estão em busca de uma nova oportunidade no mercado de trabalho.

As oficinas têm duração de três meses, com temas que abordam Marketing Pessoal, Comunicação, Relacionamento Interpessoal, Redação, Trabalho em Equipe, Ética e Cidadania, Elaboração de Currículo e Processo Seletivo, Atendimento ao Cliente, Responsabilidade Ambiental e Telemarketing.

Serão 450 vagas distribuídas em cinco regiões de São Paulo, – Norte, Sul, Leste, Oeste e Centro -,
com início previsto para Abril de 2013.

O projeto provoca uma grande mudança comportamental nos participantes, os quais começam a direcionar o foco para a futura carreira profissional. Nesse sentido, os que mais se destacam no processo de aprendizagem participarão de processos seletivos nas empresas do grupo Telefônica/Vivo.

Inscrições obrigatórias no blog:
http://projetosocialfundacaotelefonica.wordpress.com/inscricoes/

Local: o projeto será realizado em cinco regiões de São Paulo, nas seguintes ONG’s:

  • Fundação Cafu – Zona Sul.
  • Instituto Dalva Angel – Zona Leste.
  • Legião da Boa Vontade (LBV) – Zona Oeste.
  • IBAC – Zona Norte.
  • Instituto Via de Acesso – Centro.

Fotos da Formatura dos Jovens da Barra Funda

collage FORMATURA

Amigos, formandos e todos que participaram desse incrível projeto! PARABÉNS!

A formatura de vocês foi um sucesso, vocês se consagraram campeões e mais uma etapa foi vencida!

Agora, vejam as melhores fotos e os melhores momentos desse dia tão especial.

Acesse: http://migre.me/cEoJI e compatilhe, divulgue e comente!

Até a próxima pessoal!

Abraços,

Instituto Via de Acesso.

Atividades Diferenciadas – Parque Santo Antônio – Turma Educadora Carol

Em e-mail a educadora Carolina nos enviou o seguinte conteúdo:

” Pedi no decorrer do curso que eles lessem o livro do mestre Reinaldo Polito e que  fizessem um pequeno resumo como fechamento das nossas atividades. Todos adoraram  o livro e acharam de uma linguagem muito acessível para todos, além de ser muito didático.

Envio para todos o resumo da aluna Larissa Pereira Souza , que participa do Programa de Capacitação na  ONG Unidos de Campo de Fora e Pq Sto Antonio.”

Leia na íntegra o resumo do livro “Como ser bom de papo e se enturmar – Reinaldo Polito” (Ed. Europa).

Como-ser-bom-de-papo-e-se-enturmar_-capa

 

O livro conta a história de um garoto chamado Rodrigo, que mudou de sua casa no interior para morar na cidade grande. Preocupado por pensar que os adolescentes não iriam gostar dele por que falava errado, conversou com seu tio que o indicou a um curso de expressão verbal com o professor Polito.

O garoto foi fazer o curso e o orientado pelo professor, realizou diversos exercícios para melhorar a sua linguagem e a forma de se expressar. Ao concluiu o curso, o rapaz desenvolveu a habilidade de se comunicar melhor comparando-se com a forma de como chegou na cidade.

Este livro é muito bom para pessoas que não conseguem se comunicar bem, pois ensina técnicas que você mesmo pode praticar em sua casa. Eu gostei muito e vou seguir o exemplo de Rodrigo e, vou passar o livro para amigos, para que possam seguir o mesmo exemplo e melhorarem sua forma de se  comunicar, afinal, a comunicação é a porta para qualquer coisa que você quer conquistar em sua vida.

Larissa Pereira Souza

#Formatura Barra Funda

diploma1317670727218

#Formatura Barra Funda

Jovens do Projeto Social da Fundação Telefônica | Vivo
a Formatura de vocês está chegando, portanto, PROGRAME-SE!

Data: 20 de dezembro de 2012.
Horário: às 19 horas.
Endereço: Praça Cel. Fernando Prestes, 233
Bom Retiro – (Metrô Tiradentes)

Só será permitida a entrada de 1 (um) acompanhante por aluno, com a confirmação de presença até dia 19/12.
Entre em contato com o Instituto Via de Acesso pelo telefone:
11- 3809-9418 | 11- 3809-9423

Traje:
- Não será permitida a entrada de pessoas usando camisas de time, bermudas, bonés, shorts e roupas muito curtas ou decotadas.

Fotos da Formatura dos jovens do Projeto Social

A formatura dos jovens do Projeto Social da Fundação Telefônica | Vivo foi um SUCESSO!

Veja e reveja os melhores momentos com fotos exclusivas que o Instituto Via de Acesso disponibiliza para vocês!

Clique aqui

DSC_8601

E em breve novas turmas irão de formar, aguarde!